Home Destaque Nabor Wanderley e Hugo Motta repudiam citação em delação de Livânia e colocam sigilos à disposição da Justiça

Nabor Wanderley e Hugo Motta repudiam citação em delação de Livânia e colocam sigilos à disposição da Justiça

3 primeira leitura
0
0
43

O deputado estadual Nabor Wanderley e o deputado federal Hugo Motta emitiram nota conjunta no início da tarde desta segunda-feira (6), onde se dizem ter recebido com surpresa e repúdio a informação da citação dos nomes deles em trecho da delação premiada de Livânia Farias, durante a Operação Calvário.

Segundo a nota, os parlamentares afirmaram “que não cometemos nenhuma irregularidade e que as ações citadas pela delatora na referida investigação não são verdadeiras. Garantimos ainda que a nossa atuação político-parlamentar é pautada pela honestidade, seriedade, responsabilidade e compromisso com a população paraibana”.

Ainda conforme a nota, os parlamentares aguardam os trâmites processuais com absoluta confiança na Justiça e se colocam à disposição disponibilizando os sigilos fiscal e bancário.

Confira:

Nota

É com extrema surpresa e repúdio que recebemos a informação quanto à citação dos nossos nomes em trecho da delação da ex-secretária de Estado, Livânia Farias.

Afirmamos que não cometemos nenhuma irregularidade e que as ações citadas pela delatora na referida investigação não são verdadeiras. Garantimos ainda que a nossa atuação político-parlamentar é pautada pela honestidade, seriedade, responsabilidade e compromisso com a população paraibana.

Aguardaremos os trâmites processuais com absoluta confiança no Poder Judiciário. Estamos à disposição da Justiça para esclarecer quaisquer fatos e desde já disponibilizamos nosso sigilo bancário e fiscal.

À população e à imprensa da Paraíba, enfatizamos nosso comprometimento com a verdade, serenidade e confiança na Justiça.

João Pessoa -PB, 06 de Janeiro de 2020

Nabor Wanderley

Deputado Estadual

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Destaque

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

DEPUTADO ÉRICO DJAN REQUER RECAPEAMENTO DA PB ITÓ MORAIS

O Deputado Estadual Érico Djan (PPS) solicitou através de requerimento a superintendência …