Home Notícias Mulher interrompe tratamento para Covid-19 e ‘foge’ de hospital sem recomendação médica, na PB

Mulher interrompe tratamento para Covid-19 e ‘foge’ de hospital sem recomendação médica, na PB

3 primeira leitura
0
0
17

Mulher de 71 anos decidiu interromper o tratamento que estava recebendo para a Covid-19 no Hospital Municipal Pedro I, em Campina Grande.

Uma mulher de 71 anos decidiu interromper o tratamento que estava recebendo para a Covid-19 no Hospital Municipal Pedro I, em Campina Grande, na noite de terça-feira (7). De acordo com Secretaria de Saúde do município, a paciente encerrou a sua internação e, apesar da recomendação da equipe médica, decidiu ir embora do hospital.

Segundo a secretaria, a paciente se encontrava em estado de saúde estável na ala da geriatria, estava consciente e orientada. Ela retirou os dispositivos e informou ao médico e à enfermagem que iria para casa, e desconsiderou os esclarecimentos dados sobre a gravidade e saiu da unidade hospitalar.

O setor de Serviço Social fez contato com os familiares e informou sobre a situação. A direção do Hospital Municipal Pedro I informou ao G1 que vai registrar um boletim de ocorrência, já que a paciente não quis assinar um termo de responsabilidade e, caso ela não cumpra o isolamento social, pode colocar em risco outras pessoas.

A Portaria Interministerial 5/2020 garante que o serviço público possa instituir a internação compulsória em casos de Covid-19 como forma de proteger o indivíduo e a coletividade. A Secretaria de Saúde vai avaliar se será necessário acionar a legislação para fazer cumprir o tratamento da paciente.

“Nós lamentamos que a paciente tenha tido essa atitude porque a avaliação médica é soberana e esta doença é completamente nova e tem uma evolução muito rápida”, disse o secretário Municipal de Saúde, Filipe Reul.

FONTE: G1/PB

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Notícias

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Governo do Paraná e Rússia vão assinar acordo para fabricação de vacina contra coronavírus

Acordo deve ser assinado nesta quarta-feira (12). Produção depende de aprovação da Anvisa.…