Home Notícias Mulher é condenada a 12 anos de prisão por maltratar cães e gatos

Mulher é condenada a 12 anos de prisão por maltratar cães e gatos

3 primeira leitura
0
0
745

Condenada em 2015 a 12 anos de prisão por matar 37 cães e gatos, a dona de casa Dalva Lina da Silva teve sua pena aumentada para 17 anos e seis meses em decisão de segunda instância tomada pela 10ª Câmara de Direito Criminal em São Paulo.

Na última sexta-feira, ao cumprir mandado de prisão, policiais a e a promotora do caso não conseguiram localizar a mulher em nenhum dos endereços informados à Justiça e, por isso, ela passou a ser considerada foragida.

Essa é a primeira vez que alguém no Brasil é condenado a uma pena tão severa por maltratar animais. Dalva foi condenada a 16 anos e seis meses pela morte dos animais, além de um ano por uso de medicamentos de uso restrito a veterinários. De acordo com a investigação, ela executava os bichos com uma injeção no coração.

O crime foi revelado em 2012 depois que uma ONG contratou um detetive particular para investigar a mulher, conhecida por acolher animais, porque desconfiou da rapidez com que ela dizia arrumar lares para os bichos.

O detetive flagrou Dalva colocando sacos de lixo na frente da casa de uma vizinha na Vila Mariana, bairro da zona sul de São Paulo. A polícia foi chamada e encontrou os animais enrolados em panos e jornais.

Dalva foi detida em flagrante, mas aguardava em liberdade o julgamento do recurso.

“Esta condenação com este nível de severidade é única no mundo e é totalmente inédita no Brasil. Esperamos que este caso dê incentivo para outros juízes que atuam nesta área”, afirmou a promotora Vânia Tuglio ao jornal O Globo.

Informações sobre o paradeiro de Dalva Lina devem ser encaminhadas à 1ª e 2ª Delegacia de Meio Ambiente, pelo número 181 ou diretamente ao Grupo Especial de Crimes Ambientes (Gecap), do Ministério Público de São Paulo.

YAHOO NOTICIAS

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por WANDER RUDNEY
Carregar mais por Notícias

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

LIVE SOLIDÁRIA GABRIEL SANFONEIRO

QUER RECEBER AQUELE ALÔ? É só CLICAR AQUI e mandar seu comprovante de doação. BANCO DO BRA…