Home Notícias MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL DENUNCIA PREFEITURA DE JURU POR ‘LICITAÇÃO RELÂMPAGO’ E FRAUDE PARA COMPRA DE MERENDA ESCOLAR

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL DENUNCIA PREFEITURA DE JURU POR ‘LICITAÇÃO RELÂMPAGO’ E FRAUDE PARA COMPRA DE MERENDA ESCOLAR

4 primeira leitura
0
1
76
Contrato para fornecimento de merenda investigado foi firmado entre empresa e prefeitura por mais de R$ 450 mil
O Ministério Público Federal (MPF) em Monteiro denunciou à Justiça um empresário e dois  servidores públicos da prefeitura de Juru, no Sertão da Paraíba, por fraude numa licitação para o fornecimento de merenda escolar no município. Foram denunciados o empresário Santino Massena da Silva Filho, representante da empresa SM Distribuidora de Alimentos EIRELI, Sidney Ramos e Estefânio Carlos Leite de Oliveira, que trabalhavam na realização do certame. A denúncia foi recebida pelo juiz Rodrigo Maia da Fonte, da 11ª Vara Federal.
De acordo com o Ministério Público Federal, os três teriam participado de um esquema para ‘manipular’ o Pregão Presencial nº 04/2019, que deu origem a um contrato de mais de R$ 450 mil para o fornecimento de merenda escolar para escolas e creches através do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar).
Um dos pontos destacados na denúncia foi a velocidade como teria ocorrido o Pregão Presencial. “O único período de tempo em que o empresário licitante e os membros da Comissão Permanente de Licitação (CPL) ficaram dentro do prédio durou cerca de 10 (dez) minutos, lapso exíguo para a realização de uma sessão de licitação destinada à compra de merenda escolar para todo o ano letivo, o que reforça a tese de que o certame já estava preparado previamente”, relatam os investigadores.
Para o Ministério Público Federal, a empresa contratada faria parte do Grupo Fonseca e Pires, que é alvo de investigação por fraudes em licitações no fornecimento de alimentos para prefeituras paraibanas. Segundo a denúncia, diligências feitas por um servidor do Ministério Público Federal constataram que os e-mails enviados com as solicitações da merenda pela Secretaria de Educação do município teriam como destinatário um e-mail do mesmo grupo empresarial – e não da empresa contratada (SM Distribuidora).
Antes da denúncia ser apresentada o Ministério Público Federal recomendou que o contrato com a empresa fosse rescindido pela prefeitura, o que foi feito pela Administração Municipal – conforme o MPF.
Blog JURU EM DESTAQUE com Jornal da Paraíba
Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Notícias

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Tentativa de assalto em São José do Sabugi-PB

Mais uma tentativa de assalto registrada em São José do Sabugi, essa ultima aconteceu na n…