Home Destaque Junco do Seridó: Vereador acusa prefeito de oferecer R$ 10 mil em troca de voto na Câmara

Junco do Seridó: Vereador acusa prefeito de oferecer R$ 10 mil em troca de voto na Câmara

2 primeira leitura
Comentários desativados em Junco do Seridó: Vereador acusa prefeito de oferecer R$ 10 mil em troca de voto na Câmara
2
837

O vereador Fábio Júnior (Fabinho) procurou o Blog do Anderson Soares, nesta sexta-feira (15), para acusar o prefeito de Junco do Seridó, Kleber Fernandes, de oferecer R$ 10 mil para votar contra o parecer do Tribunal de Contas do Estado, que rejeitou as contas do tio de Kléber, o ex-prefeito Branco Simões. O TCE atestou um rombo de mais de R$ 1 milhão junto ao INSS, à época em que Simões administrou o município.

Para rejeitar o parecer e manter a elegibilidade do ex-prefeito, eram necessários seis votos. Só que a bancada do prefeito só conta com cinco vereadores. Apesar da proposta, Fabinho disse que negou a tentativa de compra de voto (conforme conversas registradas abaixo no WhatsApp) e votou a favor do parecer do TCE. A câmara reprovou as contas do ex-prefeito pelo placar de 5×4.

IMG-20170915-WA0003

De acordo com matéria publicada no Blog do jornalista Heleno Lima, o ex-prefeito acusa o vereador de cobrar R$ 40 mil em troca do voto, mas Fabinho alega que é armação dos adversários políticos e assegura que vai acionar o ex-prefeito na justiça. Em uma conversa gravada, Kléber Fernandes, admite que as denúncias contra Fabinho podem ter sido articuladas pelos asversários.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Polícia faz perseguição a veiculo suspeito próximo ao distrito da Palma

Uma guarnição da PM realizava rondas na manhã deste domingo (9) na rodovia que liga o muni…