Home Notícias Hospital de Campanha, em Santa Rita, PB, vai ser desativado e equipamentos levados para o interior

Hospital de Campanha, em Santa Rita, PB, vai ser desativado e equipamentos levados para o interior

2 primeira leitura
0
0
29

Os 29 pacientes que estão na unidade serão transferidos para o Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, que fica ao lado do Hospital Solidário.

O Hospital de Campanha, chamado de Hospital Solidário, em Santa Rita, na Grande João Pessoa, vai ser desativado a partir da próxima segunda-feira (3). De acordo com o secretário de estado da saúde, Geraldo Medeiros, os 29 pacientes que estão na unidade serão transferidos para o Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, que fica ao lado.

No dia 22 de julho, o governador João Azevêdo (Cidadania) já havia falado sobre a possibilidade de desativação da unidade de saúde, mas que dependeria da evolução da pandeia na Paraíba e da ocupação no hospital.

A estrutura tem capacidade para 120 pacientes e, atualmente, 29 estão internados. Geraldo Medeiros informou que o Governo da Paraíba desembolsa um valor para aluguel mensal que, atualmente, já não faz mais sentido, tendo em visto que há leitos disponíveis em outras unidades. “O Hospital Santa Paula está funciona com pacientes em UTI e dispõe de 150 leitos, sendo 130 de enfermaria e 20 de UTI. Não haverá instabilidade ou insegurança”, declarou.

Os equipamentos do Hospital Solidário serão levados para os hospitais localizados no intrior da Paraíba.

FONTE: G1/PB

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Edyla Nóbrega
Carregar mais por Notícias

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

TIM vai pagar até R$ 4 milhões para ressarcir clientes por cobranças indevidas; saiba como pedir

Atuais clientes vão receber crédito na fatura ou recarga. Consumidores que saíram da empre…