Home Destaque Funcionários dos Correios entram em greve em todo o país

Funcionários dos Correios entram em greve em todo o país

3 primeira leitura
0
0
42

A partir desta terça-feira (18), os trabalhadores dos Correios pararam as atividades por tempo indeterminado.

Os funcionários dos Correios de todo o país entraram em greve a partir das 22h dessa segunda-feira (17) em locais com terceiro turno de trabalho e da 0h desta terça-feira (18) nos locais sem terceiro turno. São cerca de 100 mil trabalhadores que paralisaram as atividades por tempo indeterminado, contra a retirada de direitos, contra a privatização da empresa e negligência com a saúde dos trabalhadores em relação à Covid-19.

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (Fentect) informou em texto publicado na internet, que desde o início de julho, tenta, junto aos sindicatos filiados, dialogar com a direção dos Correios em torno da pauta de negociação. ”No entanto, além da empresa se negar a negociar, a categoria foi surpreendida desde o dia 1º de agosto com a revogação do atual Acordo Coletivo que estaria em vigência até 2021”, diz o texto.

Segundo a Fentect, foram retiradas do acordo 70 cláusulas com direitos como 30% do adicional de risco, vale alimentação, licença maternidade de 180 dias, auxílio creche, indenização de morte, auxílio para filhos com necessidades especiais, pagamento de adicional noturno e horas extras.

Os trabalhadores também lutam contra a privatização dos Correios, o aumento da participação dos trabalhadores no Plano de Saúde e acusam a empresa de negligência com a saúde dos funcionários na pandemia da Covid-19. ”Em uma verdadeira batalha judicial, a Fentect e seus sindicatos tiveram que acionar a Justiça para garantir equipamentos de segurança, alcool em gel, testagem e afastamento dos grupos de risco e aqueles que coabitam com grupos de risco ou possuem crianças em idade escolar”, diz o texto da Federação.

 

Fonte: Click PB

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Edyla Nóbrega
Carregar mais por Destaque

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Desemprego na pandemia atinge maior patamar em agosto desde o início da pesquisa, afirma IBGE

Essa alta acompanha o aumento na população desocupada na semana, representando cerca de 1,…