Home Polícia Foragido da justiça por assalto a banco é preso pela PRF com veículo roubado, no Sertão da PB

Foragido da justiça por assalto a banco é preso pela PRF com veículo roubado, no Sertão da PB

2 primeira leitura
0
0
71

Um homem foragido da justiça pelos crimes de assalto a banco, tentativa de sequestro e uso de explosivos foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) com um veículo roubado na noite desta sexta-feira (3), no Sertão da Paraíba. De acordo com a Polícia Civil, ele teria sido solto há 10 dias , com a obrigação de usar tornozeleira eletrônica, em virtude da crise provocada pela Covid-19.

Segundo a PRF, os policiais deram ordem de parada a um veículo durante fiscalização na BR 230, km 310, na Unidade Operacional de São Mamede. O condutor empreendeu fuga em alta velocidade e foi abordado pelos polícias após cerca de 10 km de perseguição.

O condutor, de 32 anos, estava sem documentos e apresentou nome falso para os policiais. Após fiscalização minuciosa foi constatado que o veículo era roubado e estava clonado. Ao chegar na Polícia Civil, foi descoberto que o homem era um foragido da justiça de alta periculosidade, por crimes de assalto a banco, tentativa de sequestro e uso de explosivos para prática criminosa.

O homem responde por crimes praticados nos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco. A tornozeleira eletrônica que ele deveria estar usando teria sido arrancada. Ele foi novamente detido e incluído na extensa ficha criminal a receptação de veículo roubado.

FONTE: G1/PB

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Edyla Nóbrega
Carregar mais por Polícia

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

TIM vai pagar até R$ 4 milhões para ressarcir clientes por cobranças indevidas; saiba como pedir

Atuais clientes vão receber crédito na fatura ou recarga. Consumidores que saíram da empre…