Home Destaque Deputados do Sertão se promovem com respiradores de Bolsonaro, mas omitem nome do presidente

Deputados do Sertão se promovem com respiradores de Bolsonaro, mas omitem nome do presidente

3 primeira leitura
0
0
73

Governo Bolsonaro enviou 16 respiradores para Patos – PB

Os deputados Nabor Wanderley (Republicanos), Hugo Motta (Republicanos) e Érico Djan (Cidadania), naturais da cidade de Patos, “surfaram na onda” dos 11 respiradores convencionais e 5 de transporte enviados pelo Governo Federal, através do Ministério da Saúde, para o Complexo Hospitalar Regional de Patos nesta semana. O deputado estadual Taciano Diniz (Avante), natural do município de Curral Velho, na região do Vale do Piancó, também “esqueceu” de agradecer ao Governo do presidente Jair Bolsonaro.

Os políticos se promoveram nas mídias sociais e passaram a falsa impressão que eles são um dos responsáveis pela conquistada dos equipamentos usado no tratamento de alguns casos da Covid-19.

O estadual Nabor atribuiu o feito como sendo “uma luta da bancada no Sertão” e agradeceu ao governador João Azevedo (Cidadania), que confessou publicamente que o Governo da Paraíba não comprou nenhuma respirador.

Perfil de Nabor no Instagram (Foto: reprodução)

Já o federal Hugo escreveu que a ação é fruto de “uma luta diária da bancada paraibana” e, assim como o pai dele (Nabor), omitiu o “legítimo pai” da façanha.

Perfil de Hugo no Instagram (Foto: reprodução)

O estadual Dr. Érico apenas noticiou o fato e rendeu agradecimentos a João Azevedo.

Perfil de Érico no Instagram (Foto: reprodução)

Dr. Taciano também se promoveu e evitou de citar o nome de Bolsonaro ou fazer qualquer referência ao Ministério da Saúde. Ele postou: “uma luta da bancada parlamentar sertaneja”, e ainda complementou: “agradeço ao governador João Azevedo”.

Perfil de Taciano no Instagram (Foto: reprodução)

por Geverton Martins/Papo Político

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Destaque

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Mulher interrompe tratamento para Covid-19 e ‘foge’ de hospital sem recomendação médica, na PB

Mulher de 71 anos decidiu interromper o tratamento que estava recebendo para a Covid-19 no…