Home Geral CIDADE SEM LEI: Madrugada de baderna em São José do Sabugi – PB.

CIDADE SEM LEI: Madrugada de baderna em São José do Sabugi – PB.

5 primeira leitura
0
2
2,435

Entre tantos pontos positivos, São José do Sabugi infelizmente também é conhecida pelo alto índice de vandalismo, se não bastasse os animais soltos no meio da rua, é comum ver o patrimonio público destruido, a exemplo, o recém-ginásio inaugurado que teve os banheiros destruídos no dia de sua inauguração, a praça da saúde também recém inaugurado já teve o banheiro arrombado, lixeiras não ficam por muito tempo e até as placas de algumas ruas foram arrancadas, orelhão já nem existe mais, são crianças brincando na grama da praça e destruindo a ornamentação natalina enquanto os pais fazem vista grossa para isso, por outro lado os adultos passando com motos e carros por cima da praça entre várias outras coisas.

MADRUGADA DE DOMINGO PARA SEGUNDA-FEIRA

Algo que está repercutindo nas redes sociais foi uma festa, “balada”, que rolou ontem (08) no clube recreativo são-joseense, que segundo denuncias, envolvendo menores e muita bebida alcoólica. O problema maior foi à baderna após essa festa, moradores reclamaram que não conseguiram dormir com o barulho. Fotos e vídeos contendo imagens de pessoas em atos de vandalismo altas horas da noite estão circulando em redes sociais, inclusive mostrando menores e bebidas, algumas imagens flagram indivíduos danificando a ornamentação natalina, um vídeo mostra uma pessoa dentro da árvore de natal.

Alguns órgãos competentes já estão cientes do que aconteceu na madrugada de ontem para hoje. O Conselho Tutelar de São José do Sabugi, questionado não só sobre o evento de ontem (08), mas de outros que estão rolando envolvendo menores e bebidas alcoólicas, falou que ainda não tinha conhecimento, porém após saber do ocorrido, irá começar chamando os proprietários dos estabelecimentos citados para prestarem esclarecimentos a respeito das denuncias, em seguida os responsáveis pelo evento e só ai tomaria algumas providencia e se pronunciaria mais claramente sobre o caso.

[CLIQUE AQUI E ENTRE NO GRUPO DO SERTÃO EM DESTAQUE NO WHATSAPP]

Para um evento com a presença de menores  de idade é necessário um alvará do poder executivo, sem autorização o evento se torna ilegal, e mesmo com alvará, a organização do evento precisa fiscalizar e tomar providências em relação às autorizações e à classificação da festa. O contrário, se fiscalizado, os seus organizadores ficam sujeitos a responderem criminalmente. A venda de bebida alcoólica para menores é crime, a norma prevê pena de 2 a 4 anos de detenção e multa de R$ 3 mil a R$ 10 mil pelo descumprimento da determinação, e medida administrativa de interdição do estabelecimento.

Na verdade talvez uma parte da população não mereça a cidade que tem. A população também reclama que faltam guardas nas repartições públicas, e denunciam que nem todos trabalham, e alguns só batem o ponto e voltam pra casa. Esperamos que algumas medidas sejam tomadas pelos orgãos competentes.

[CLIQUE AQUI E ENTRE NO GRUPO DO SERTÃO EM DESTAQUE NO WHATSAPP]

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Geral

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

CAGEPA COMUNICA QUE IRÁ INTERROMPER ABASTECIMENTO PARA AS CIDADES ATENDIDAS PELA ADUTORA COREMAS/VALE DO SABUGI PARA MANUTENÇÃO

Conforme NOTA abaixo, a CAGEPA deverá interromper os abastecimento das cidades atendidas p…