Home Notícias Um terço dos deputados estaduais podem ser presos nos próximos dias

Um terço dos deputados estaduais podem ser presos nos próximos dias

1 primeira leitura
0
0
196

A Paraíba está prestes a viver dias de Rio de Janeiro, onde uma megaoperação prendeu, em 2018, deputados, conselheiros do Tribunal de Contas e o governador. Fontes revelaram que o delator Leandro Nunes, homem de confiança de Ricardo Coutinho e Livânia farias, também delatou uma dúzia de deputados governistas abastecidos com a propina da Cruz Vermelha.

No depoimento às autoridades que comandam as investigações, Leandro teria nominado um a um dos parlamentares, inclusive detalhando quantia e periodicidade dos recebimentos. O detalhe é que a entrega era feita em mochilas, envelopes e até locais inusitados eram utilizados para o recebimento da propina.

O Gaeco está trabalhando no levantamento de mais elementos probatórios e a terceira fase da Operação Calvário deve prender um terço dos deputados estaduais e gente graúda dos girassóis.

FONTE: Página 1 PB

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Notícias

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

MPF vai investigar servidora de Sapé que recebia Bolsa Família de forma irregular

De acordo com o Ministério Público, o inquérito tem prazo de um ano para ser concluído O M…