Home Destaque Orelhões da Oi estão fazendo ligações gratuitas na Paraíba e outros 14 estados até março de 2018

Orelhões da Oi estão fazendo ligações gratuitas na Paraíba e outros 14 estados até março de 2018

3 primeira leitura
0
1
248

Medida da Anatel é válida até o dia 30 de março de 2018 para orelhões da Oi em 15 estados. Fiscalização apontou que operação de telefones públicos não teve patamar atingido.

Ligações locais e nacionais de longa distância podem ser feitas gratuitamente em 3 mil orelhões da Oi no Amapá, até o dia 30 de março de 2018. A decisão, que entrou em vigor no domingo (1º) é da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e ocorre em mais 14 estados.

A gratuidade vale para telefones públicos de Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espirito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima, Santa Catarina e Sergipe

Segundo a agência, uma fiscalização realizada em agosto de 2017 verificou que nesses estados o nível de orelhões em condições de operação não atingiu os patamares estabelecidos pela agência reguladora.

“Essa é uma punição imposta pela Anatel devido ao descumprimento de metas de disponibilidade, ou seja, o funcionamento dos orelhões aferidos em 30 de agosto. A gratuidade é válida para ligações locais e de longa distância feitas a partir de qualquer orelhão da Oi no Amapá”, destacou o gerente da agência no estado, Edward Aires.

A disponibilidade dos orelhões deve ser de no mínimo 90% em todos os estados e de no mínimo 95% nas localidades atendidas somente por orelhões. De acordo com a Anatel, a gratuidade se manterá até o dia 30 de março de 2018, quando deverá ser divulgado o resultado da próxima fiscalização sobre as condições de disponibilidade dos orelhões.

FONTE: G1 [clique aqui e leia mais]

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Destaque

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Prefeito de Santa Luzia está entre os 100 melhores gestores do Brasil

A União Brasileira de Divulgação classificou o prefeito de Santa Luzia, Zezé, como 56º mel…