Home Política Gleisi Hoffmann, presidente do PT, será julgada pelo Supremo Tribunal Federal

Gleisi Hoffmann, presidente do PT, será julgada pelo Supremo Tribunal Federal

5 primeira leitura
0
0
197

Depois que o Supremo Tribunal Federal condenou o primeiro de 200 parlamentares envolvidos na Operação Lava-Jato, a fila se mexeu e a próxima a ser julgada será a presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, senadora Gleisi Hoffmann, do Paraná, casada com o ex-ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, que foi envolvido em inquérito sobre negociatas com recursos oriundos de fundos de pensão. Gleisi já é investigada em outros três casos, todos por corrupção, e é candidata a deputada federal em outubro. Ela ressalta que as acusações contra ela e o seu partido são fruto de perseguição política.

Não é o que pensa o ministro Celso de Mello. Segundo ele, todo o espectro partidário que existe no sistema político brasileiro está sendo visado e processado. “É irrelevante a coloração ideológica dos réus. Nós não estamos incriminando a atividade política; o que estamos fazendo é punir atores políticos que se converteram em criminosos contumazes”. Na terça-feira, 29, o Supremo condenou o deputado Nelson Meurer, do PP, a treze anos e nove meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele recebeu 29 milhões de reais em propina. Quatro anos depois do início da Lava-Jato, o deputado foi o primeiro político detentor de foro privilegiado a ser julgado pela Corte. Neste mês de junho, será a vez do julgamento de Gleisi Hoffmann.

O ministro Celso de Mello, revisor do processo na Corte, disse que pretende liberar o processo para julgamento nas próximas semanas. A investigação contra a petista chegou à Corte em 2015. Ela é acusada de ter recebido 1 milhão de reais de propina oriunda da mesma fonte ilegal que abasteceu as contas de Nelson Meurer.No processo,há testemunhos que detalham como e onde o dinheiro foi entregue. Em um vídeo divulgado por “Veja” em outubro, o advogado Antônio Carlos Pieruccini, intermediário do doleiro Alberto Yousseff, reconstituiu todo o roteiro que ele percorreu para entregar pacotes de dinheiro a assessores políticos da senadora em 2010. Os principais líderes do PT, Lula, José Dirceu, Antonio Palocci e Delúbio Soares, já foram condenados e estão presos. A depender do que decidir o STF, Gleisi poderá se juntar a eles em breve.

No caso de Nelson Meurer, o seu partido, PP, durante anos permutou o apoio aos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff por um naco de uma das diretorias da Petrobras. O deputado Nelson Meurer pertence ao chamado baixo clero do Congresso – parlamentares sem expressão política que não participam da tomada de decisões e orbitam os subterrâneos do poder.

Nonato Guedes, com “Veja”

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Política

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

FOLHA DE SÃO PAULO SERÁ PROCESSADA – “Não existe nenhum contrato ou pagamento para impulsionamento de conteúdo no Whatsapp”

Folha de São Paulo será processada judicialmente em razão da matéria falsa veiculada hoje …