Home Saúde Estudo descobre que moscas carregam a bactéria que gera úlcera e gastrite em humanos

Estudo descobre que moscas carregam a bactéria que gera úlcera e gastrite em humanos

5 primeira leitura
0
0
364

Já sabemos que as moscas apreciam bastante alimentos apodrecidos, fezes, lixo e tudo o que há de mais ‘asqueroso’ no mundo. No entanto, parece que temos subestimado o quão anti-higiênicos estes insetos podem ser.

De acordo com um estudo publicado recentemente na Scientific Reports, as moscas são na verdade um paraíso de bactérias, que são transportadas às centenas por meio das asas e patas do inseto, e desembarcam em nossa cozinha e alimentos.

O problema é que essas bactérias podem ter um impacto significativo em nossa saúde. Logo, os autores argumentam que as organizações de saúde têm negligenciado o papel que as pequenas moscas podem desempenhar nos surtos de doenças. As informações são da IFLScience.

“As patas e as asas mostram a maior diversidade microbiana no corpo da mosca, sugerindo que as bactérias usam as moscas como transportes aéreos“, explicou Stephan Schuster, coautor do estudo. “Pode ser que as bactérias sobrevivam a sua jornada, crescendo e se espalhando em uma nova superfície. De fato, o estudo mostra que a cada passo que uma mosca dá, deixa uma trilha de colônias microbianas, se a nova superfície suportar o crescimento bacteriano“.

Para o estudo a equipe sequenciou microbiomas de 116 moscas domésticas de três diferentes continentes, a fim de construir uma imagem da diversidade dos micro-organismos que vivem nos insetos. Eles descobriram que, em geral, as criaturas abrigavam mais de 600 diferentes tipos de bactérias, a maioria delas responsáveis por causar danos à saúde humana. Curiosamente, eles descobriram que as moscas de amostras colhidas em estábulos tinham uma menor diversidade de bactérias em seus corpos do que as de ambientes urbanos.

Os cientistas, obviamente, já estavam cientes de que as moscas podiam transmitir doenças. O que eles não sabiam, no entanto, era a extensão desse problema. Por exemplo, eles verificaram que cerca de 15 moscas estavam transportando em seu corpo a bactéria Helicobacter pylori, conhecida por causar úlceras estomacais e gastrites em seres humanos. Porém, até então, as moscas nunca haviam sido consideradas como um vetor para esta espécie de bactéria.

Ainda que o estudo tenha implicações importantes para nossa saúde – e os pesquisadores recomendam que você pense muito bem antes de fazer um piquenique em um parque – ele possui outras aplicações interessantes, como por exemplo, os insetos poderiam ser usados como “drones”vivos para biomonitoramento natural. Isto é, os pesquisadores acreditam que as moscas poderiam ser enviadas a regiões de difícil acesso para a colheita de amostras de diferentes e pouco conhecidos microbiomas.

Fonte: Jornal Ciência

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Saúde

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

UNIFARMA LÍRIO DOS VALES É INAUGURADA EM SÃO JOSÉ DO SABUGI. CONFIRA AS FOTOS:

No ultimo sábado (9) foi inaugurada na Avenida Prefeito José Jaime dos Santos a Unifarma L…